Agressor de Jair Bolsonaro disse em depoimentos que achava que seria morto após atentado

Compartilhar:

Após o atentado contra o candidato à Presidência Jair Bolsonaro, o Fantástico mostra como estão as investigações e responde: quem é o agressor, Adélio Bispo de Oliveira? E por que ele fez isso?

Nossa equipe conversou com pessoas que estavam no momento do ataque, com a família de Adélio e com pessoas que conheceram e conviveram com ele. Uma mulher que o conheceu há 24 anos em Santa Catarina, revela que ele lhe dizia que ouvia vozes.

Nos depoimentos à Polícia Federal, Adélio Bispo disse que acreditava que, depois do atentado, seria fuzilado pela polícia, e que não sairia vivo.

G1

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário