Catuenses enfrentam fila gigantesca em busca dos últimos litros de combustível disponíveis

Compartilhar:

Desde o início da manhã desta sexta-feira (25), uma enorme fila de carros e motos se formou no centro de Catu. Os condutores tentavam abastecer os seus veículos, no posto de combustível do Comércio, antes que a reserva existente ali terminasse.

A fila se estendeu até a Loja Top 12, próximo a Câmara de Vereadores. Segundo populares, assim que o posto iniciou os trabalhos, a fila começou a se formar. A fila continuou até zerar o combustível das bombas, o que aconteceu por volta das 14h. Segundo os funcionários do posto, a previsão é de que o reabastecimento no município só normalize após o término da greve.

O preço da gasolina tem obtido, em todo o país, aumentos e reduções durante os últimos dias. No Posto do comércio, aqui em Catu, a gasolina estava sendo vendida a R$ 4,88 o litro. O Catu Notícias visitou alguns postos da parte alta da cidade e pode verificar que não há mais gasolina nem álcool disponível, apenas uma pouca quantidade de diesel.

Em conseqüência do aumento gradativo do diesel e da gasolina, caminhoneiros iniciaram greves e manifestações em cerca de 24 estados  e no Distrito Federal. A greve fez com que o reabastecimento dos produtos fosse interrompida nos postos de combustível.

Misericórdia

Com a dificuldade de abastecimento dos automóveis, os comerciantes do município também se vêm profundamente afetados.  Popularmente conhecido como Misericórdia da água de coco, o comerciante desabafou com o Catu Notícias. “Eu mesmo deixei de receber minha matéria prima ( coco) devido ao amento abusivo do preço do diesel e da gasolina, o que prejudica não só o pequeno comerciante, mas também os maiores. Eu tenho um meio de condução, mas eu necessito do caminhão que traz as minhas mercadorias. Devido à greve, o motorista precisou cortar caminho para desviar, mas eu acabei ficando sem meus produtos”, disse Misericórdia.

Os motoristas chegaram a enfrentar mais de 1h na fila, eles relataram a situação desconfortante que passaram. “Sou morador de Alagoinhas e me encontro da pior forma possível, estamos a mais de 1h aqui na fila e sem saber se vou conseguir ou não o combustível. Isso é um efeito dominó, se parar o combustível para tudo.”

Da redação – Catu Notícias

Confira mais fotos abaixo:

Fotos: Carla Thainá/Catu Notícias

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário