Estudantes e professores voltam a protestar contra corte de verbas da Educação

Compartilhar:

Estudantes, professores e trabalhadores da educação voltaram às ruas na manhã de hoje (30), para protestar contra o bloqueio de verbas em instituições de ensino federais de ensino pelo governo Jair Bolsonaro.

O ato de hoje foi convocado pela União Nacional de Estudantes (UNE) e conta com apoio de centrais sindicais, 15 dias após o primeiro ato.

O corte atinge institutos e universidades federais de todo o país. Foram mais de R$ 40 milhões cortados na Bahia, com mais de 80 bolsas de estudo suspensas.

A instituição mais atingida nacionalmente é a Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), que já anunciou a redução do percentual de recursos para pesquisa e extensão no patamar de 30%, na tentativa de pagar os contratos de pessoal terceirizado, energia e água.

Além da reivindicação dos cortes a instituições federais, também participam do ato de hoje professores da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), que estão em greve há mais de um mês.

Fonte: M1

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário