Fundir Ambiente e Agricultura deve agravar conflitos, diz presidente do Ibama

Compartilhar:

Segundo a presidente do Ibama, Suely Araújo, a fusão entre os Ministérios do Meio Ambiente e o Ministério da Agricultura, pretensão do Presidente da República Jair Bolsonaro, pode gerar e agravar conflitos na máquina pública, principalmente quando fazendeiros se revoltarem com ações de fiscalizações de crimes ambientais.

Entre alguns dos malefícios descritos pela presidente está a possível demora na conclusão de licenciamentos ambientais e consequentente uma visão negativa dos mercados e clientes exteriores em questões de produtos agropecuários do Brasil.

 

Informações do Site Folha de S.  Paulo

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário