Haddad diz que buscará todas as formas jurídicas de libertar Lula

Compartilhar:

O candidato a presidência pelo PT, Fernando Haddad afirmou em comício na noite desta última segunda-feira (1°), no Rio de Janeiro, que continuará procurando formas jurídicas para libertar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso em Curitiba desde abril.

Haddad também acenou às mulheres e fez ataques diretos a Jair Bolsonaro (PSL), que segue em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto para a Presidência.

O candidato do PT disse que toda segunda-feira, quando visita Lula, sente que “eles” ficam incomodados.

“Vou ver todas as formas jurídicas de ajudar o Lula porque o Lula está preso injustamente e todo mundo sabe disso”, afirmou. “Ficam querendo dar uma roupagem de legalidade para uma tamanha arbitrariedade como essa.”

Haddad também atacou a Rede Globo, afirmando que o povo não é teleguiado pela emissora. “Se no Brasil só tem a voz da Globo, temos cada um a própria voz e autonomia para julgar o que é certo e o que é errado.”

O comício ocorreu na Cinelândia e contou com a presença de artistas como a atriz Bete Mendes e o diretor de teatro José Celso Corrêa.

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário