Nova versão do aplicativo da Transalvador avisa multa de trânsito em cerca de três dias

Compartilhar:

Foi lançada nesta segunda-feira (27) a nova versão do aplicativo da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador) que notifica multas recebidas por motoristas na capital baiana. A iniciativa é parte da nova versão do app NOA Cidadão. Para ter acesso ao aplicativo, basta fazer o download no site www.noacidadao.com.br.

O aplicativo está disponível, por enquanto, somente para o sistema android. Para se cadastrar, basta informar os dados do veículo, como Renavam e placa. Dentro de 1 mês, o app também deve estar disponível para o sistema IOS. Para receber a multa em casa, ela demora cerca de 15 a 20 dias. Já no aplicativo, a multa fica disponível em, no máximo, três dias.

A nova versão do aplicativo também traz a possibilidade de consulta de segunda via de notificações e mensagens de push, com alertas de ocorrências de grande impacto no trânsito, de alterações para eventos e até do vencimento de multas para pagamento com desconto de 20%.

“O aplicativo já é um sucesso. As pessoas já têm participado dando informações sobre o trânsito, e hoje a gente consegue dar informação para o cidadão também, com as multas que são tomadas. Então, o cidadão toma uma multa e, depois de processada, ele pode verificar aqui [no aplicativo], e isso funciona também de forma educativa, para que as pessoas vejam o que errou para não cometer novos erros. E também a parte de alertas de fatos relevantes no trânsito, onde a gente pode avisar ao cidadão, em tempo hábil, para que ele possa mudar o seu caminho, o seu trajeto, para evitar um transtorno”, disse o superintendente Fabrízzio Muller.

Segundo a Transalvador, ao clicar no push de notificações, os detalhes da autuação aparecerão na tela e o cidadão terá informações como prazo de defesa e de apresentação de condutor. Caso faça solicitações via aplicativo, funcionalidades da versão anterior, o usuário receberá uma mensagem de push com detalhes da solicitação ao ter seu atendimento finalizado.

“Essa multa, quando ela chega à Transalvador, é processada e, assim que ela é processada, com dois ou três dias, ela já é publicada no aplicativo. Se a multa tiver foto, como a do avanço do sinal vermelho ou velocidade, ela fica disponível com a imagem”, conta o superintendente. Em um aplicativo só, o cidadão pode cadastrar os veículos de toda a família.

Para aproveitar o app, o usuário tem que se cadastrar e fornecer dados básicos como nome completo, endereço, email e senha. A ferramenta também serve para a solução de problemas que envolvam outros órgãos, como queda de árvore ou pontos de alagamento, por exemplo. Nos casos de acidentes com vítimas, por meio do app, o cidadão aciona a Transalvador, que informa imediatamente a ocorrência ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Fonte:G1

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário