Prefeitura de Alagoinhas promove reunião entre cooperativas de reciclagem e empresa de consultoria

Compartilhar:

A Prefeitura de Alagoinhas, por intermédio da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESEP), promoveu a primeira reunião entre representantes da Cooperativa de Reciclagem Exército de Cristo (COOPERC), Cooperativa de Reciclagem de Alagoinhas (CORAL) e a empresa SER. A diretoria do aterro sanitário também participou da discussão. O diálogo entre as entidades é fruto de um processo de cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta, proposto pelo Ministério Público e a empresa SER será responsável por mediar às adequações das cooperativas de reciclagem aos novos termos.

Segundo Iracema Marques, representante da SER, a empresa está encarregada de ouvir as cooperativas e auxiliar na reflexão sobre os melhores caminhos para a adequação. Com larga experiência nestas mediações, a SER não apenas fará um diagnóstico sobre as questões legais e ambientais, mas também sobre as peculiaridades culturais das cooperativas.

A representante da empresa, que tem sede na capital baiana, afirmou em entrevista  que o objetivo maior é que COOPERC e CORAL consigam tornar-se cooperativas independentes, sustentáveis e continuem a servir Alagoinhas com melhores resultados. O método inclui um comparativo com a experiência de outras regiões do país e avalia questões sociais como elementos norteadores do diagnóstico.

Para Ticiane Queiroz Negreiro, representante da CORAL,  é primeira vez que aconteceu uma reunião tão proveitosa e animadora. O diretor do Aterro Sanitário Jonatas Borges, acredita que o Ajustamento de Conduta permitirá que as cooperativas caminhem para que sejam plenamente sustentáveis, independentes do poder público e da iniciativa privada. O Secretário Harnoldo Azi,  endossou as palavras do diretor e reafirmou o compromisso da Secretaria de Serviços Públicos nesta importante investida.

Fonte: SECOM

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário