Professores da rede municipal decidem manter greve

Compartilhar:

Os professores da rede municipal de ensino decidiram na manhã dessa terça-feira (17), manter a greve da categoria por tempo indeterminado.

De acordo com a presidente da APLB, Marilene Betros, a categoria busca um aumento de 6.8%.
“A maioria decidiu manter a greve, aprovamos uma contraproposta de 6.8% linear mais 2.5% de avanço na referência. Colocamos na pauta a mudança de nível e o pagamento retroativo. Mantivemos o reajuste de 10% na alimentação, são pontos importantes para os professores”, frisou.

O sindicato pretende entregar uma contraproposta ao prefeito ACM Neto com o objetivo de iniciar uma nova rodada de negociação.

A categoria reivindica além do reajuste salarial, concessão de mudança de nível de acordo com a qualificação profissional, convocação de eleições para diretor de escola e melhorias nas condições de trabalho. 
A prefeitura considerou a greve como ato politico e autorizou o corte de ponto de todos os professores que faltarem as aulas.

Fonte: BN

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário