Secretaria de Saúde de Catu desmente boatos espalhados nas redes sociais

Compartilhar:

A Secretaria Municipal de Saúde vem a público esclarecer sobre informações falsas que tem circulado nas redes sociais, referente a um óbito em um Hospital Particular no município de Catu, com sintomas do vírus da Gripe H1N1.

A informação narrada na publicação não tem fundamento, porque são baseadas em falácias. Não existe nenhum caso ou suspeita de H1N1 registrado no município.

A Vigilância Epidemiológica mantém o serviço permanente de notificações de casos de gripe, reforçando que não existe caso do H1N1 registrado no Hospital Público, nos Postos de Saúde e nem em Hospitais e nas Clinicas particulares. É perigoso disseminar notícias falsas na internet, especialmente quando se trata de questões de saúde.

Campanha contra a influenza acontece normalmente no município

A campanha nacional de vacinação contra a influenza ocorre em todo o país e seguirá até 01 de junho. A vacina está disponível nos Postos de Saúde dos bairros.

Conforme o Ministério da Saúde, a contraindicação da vacina é para quem tem alergia severa a ovo.  A vacinação contra a gripe é a forma mais eficiente para a redução do impacto da doença.

O público-alvo para receber as doses gratuitamente no SUS são:

– pessoas a partir de 60 anos – crianças de seis meses a cinco anos;
– trabalhadores da área de saúde;
– professores das redes pública e privada;
– mulheres gestantes e puérperas;
– indígenas;
– pessoas privadas de liberdade (incluindo adolescentes cumprindo medidas socioeducativas);
– profissionais do sistema prisional;
– portadores de doenças que aumentam o risco de complicações em decorrência da influenza.

Fonte: Secom/PMC

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário