Secretário é preso em ação contra esquema na Câmara de Ilhéus; dois vereadores estão foragidos

Compartilhar:

O ex-vereador e secretário municipal de Agricultura de Ilhéus, Valmir Freitas, e dois empresários foram presos ontem (15) na Operação Xavier, deflagrada pelo Ministério Público estadual, em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), no sul do estado.

Eram sete mandados de prisão e outros quatro suspeitos estão foragidos. Os executivos envolvidos tinham empresas que prestavam serviços terceirizados de organização das licitações e de contabilidade à Câmara Municipal de Ilhéus.

Segundo a investigação, as empresas eram responsáveis pelas fraudes em licitações que geraram contratações direcionadas de outras empresas pré-selecionadas.

Os valores dos contratos, por sua vez, eram superfaturados e uma parte deles era destinada como propina a vereadores que ocuparam a presidência do parlamento municipal no período investigado.

Estão foragidos dois vereadores, ambos ex-presidentes da Câmara Municipal de Ilhéus, e dois servidores da Casa Legislativa. 
 
A operação também cumpriu dez mandados de busca e apreensão. Foram apreendidos documentos e aparelhos eletrônicos. Conforme as investigações, a fraude foi operada entre os anos de 2001 e 2018. São investigados crimes contra a administração pública, fraudes em licitações e contratos e lavagem de dinheiro.

Fonte: BN

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário