TSE contabiliza 20 pedidos de candidaturas avulsas para a disputa presidencial

Compartilhar:

O Tribunal Superior Eleitoral contabiliza pelo menos 20 pedidos de candidaturas avulsas à Presidência, número superior que o de candidatos que estão efetivamente na disputa vinculados a partidos políticos – 13.

Entre os pretensos postulantes estão: um coronel da reserva do Corpo de Bombeiros de Goiás e uma chapa de irmãos de Minas. 

A controvérsia, segundo o Estadão, ainda aguarda uma definição do Supremo, que deve discutir só depois do pleito de outubro a possibilidade de candidatos sem partido disputarem as eleições.

A ação que tramita no STF é movida pelo advogado Rodrigo Mezzomo, que pediu ao TSE para concorrer. “Me sinto mais legítimo do que um integrante do sistema carcerário condenado em segunda instância”, diz, em referência ao ex-presidente Lula.

O empresário do agronegócio Cláudio Nasser também quer aval do TSE para concorrer ao Planalto, com a sua irmã na vice, a cantora de MPB Glaucia Nasser.

Os dois encaminharam ao TSE um parecer favorável elaborado pelo professor Gilberto Bercovici, da USP, que é contra o “monopólio exclusivo dos partidos políticos” na escolha dos candidatos. Em outubro do ano passado, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao STF manifestação favorável às candidaturas avulsas.

Fonte: BN

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário