Após marcar contra, Edcarlos faz dois e Vitória bate o Jacobina

Compartilhar:

A sequência dos oito triunfos consecutivos por 1×0 finalmente foi interrompida. Resta ainda voltar a vencer por dois gols de diferença, algo que não acontece desde 27 de março de 2018, nos 3×1 sobre Globo-RN, pela Copa do Nordeste. Mas uma coisa de cada vez. Neste domingo (27), o Vitória bateu o Jacobina, de virada, por 2×1, tendo em Edcarlos, autor de três gols, sendo um contra e dois a favor, o grande personagem da partida.  

O sol e forte calor sobre o estádio José Rocha, aliados ao estado ruim do gramado, fizeram a partida começar em ritmo bem lento. Nos dez primeiros minutos, nenhuma oportunidade de gol foi  criada pelas equipes.

Aos 12 minutos, em uma trapalhada da defesa rubro-negro, o time da casa abriu o placar. O goleiro João Paulo fez um lançamento longo, Edcarlos cortou mal para trás, Ronaldo saiu do gol atabalhoado ao tentar dividir com o lateral Ninho Love, a bola passou por ele e entrou lentamente no fundo da rede. Jeferson ainda tentou cortar em cima da linha, mas somente conseguiu se chocar com Edcarlos, que acabou marcando o gol contra.

Sem criatividade, o Vitória só conseguiu a primeira boa finalização aos 28 minutos, quando Léo Ceará, mesmo com pouca distância da bola, acertou um belo chute, obrigando João Paulo a espalmar para escanteio. O goleiro do Jacobina voltou a trabalhar em chute de Leandro Vilela, com outra boa defesa. 

Em uma clara demonstração de nervosismo, o lateral-esquerdo Arroyo deu um bico na bola, fora de jogo, em direção a arquibancada, após identificar que ela estava murcha. Imediatamente, recebeu cartão amarelo. 
 
Aos  41, finalmente o  Leão chegou ao empate em mais um caso de redenção no futebol dentro do mesmo jogo. Após cruzamento milimétrico de Ruy, Edcarlos, dessa vez, cabeceou bonito para fazer 1×1.  

Antes do intervalo, João Paulo ainda fez outra linda defesa, de mão trocada, em chute forte de Ruy, melhor jogador rubro-negro na etapa inicial. 
 
Redenção plena 

As equipes voltaram sem modificações para o segundo tempo e o Jacobina apostou na alternativa que o Vitória estava usando: os chutes de fora da área. Tiago Carnaíba, duas vezes, assustou Ronaldo dessa forma. Depois foi a vez Jean bater rasteiro, no canto esquerdo, e tirar tinta da trave do goleiro rubro-negro.

Aos 18 minutos, novamente em chute de Tiago Carnaíba, Ronaldo rebateu e Jeam foi com tudo tentar pegar a sobra, mas fez falta no lance, marcada pelo árbitro. Apesar de passar por um momento ruim no jogo, o Vitória chegou ao segundo gol. 

Dava pra considerar que Edcarlos já tinha se redimido do gol contra quando empatou a partida. Ele subiu bem após falta cobrada por Andrigo e marcou o segundo dele, virando o jogo para o Leão e garantindo o segundo triunfo consecutivo no estadual. 

Na próxima quinta-feira (31), às 20h30, o Vitória recebe a Jacuipense, no Barradão, mais uma vez pelo Campeonato Baiano. Domingo será o Ba-Vi pela Copa do Nordeste.

Fonte: Agência Brasil

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário