Boeing vai pagar US$ 4,2 bilhões para ficar com 80% da empresa criada com Embraer

Compartilhar:

Para ficar com o controle da nova empresa que se resultará da união entre a Boeing e a Embraer, a companhia americana vai ter que pagar US$ 4,2 bilhões. Segundo O Globo, o valor é 10% maior do que havia sido acertada em julho, quando as empresas anunciaram o negócio, que era de US$ 3,8 bilhões.

Os termos dos negócios foram aprovados pelas duas empresas, mas a parceria está sujeita à aprovação do governo brasileiro, que detém uma ação com direito a veto na Embraer. Apesar do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ter dito publicamente que apoia a união, as duas empresas tentam finalizar os termos do acordo ainda na gestão de Michel Temer.

Ainda de acordo com a publicação, concluída a transação, a joint venture da aviação comercial será liderada por uma equipe de executivos sediada no Brasil, incluindo um presidente e CEO. A Boeing terá 80% da nova empresa e o controle operacional e de gestão. Já a Embraer terá poder de decisão para alguns temas estratégicos.

Fonte: BN

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário