Fux decide suspender julgamento de processo disciplinar contra Deltan Dallagnol

Compartilhar:

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux determinou a suspensão do julgamento de um dos processos disciplinares contra o procurador e coordenador da força-tarefa da Lava Jato em Curitiba, Deltan Dallagnol, no Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Ele seria julgado hoje (12) por uma entrevista à rádio dada pelo procurador, na qual ele fez críticas ao STF e acusou o tribunal de tomar decisões lenientes com a corrupção.

Fux acolheu provisoriamente o pedido de Deltan, determinando que o caso fosse retirado de pauta até o STF julgar o pedido do membro do Ministério Público Federal (MPF). Há, porém, ainda outros dois processos em pauta envolvendo o coordenador da Lava Jato.

Deltan argumentou que é alvo de afrontas à Constituição e à Convenção Americana de Direitos Humanos. Porém, os outros dois processos na pauta do CNMP que envolvem Deltan podem ser julgados nesta terça-feira. Um deles foi movido pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), insatisfeito com declarações do procurador em redes sociais contra a candidatura do emedebista à presidência do Senado. Outro, movido pela senadora Kátia Abreu (PDT-TO), reclama de manifestação do fato de o procurador ter compartilhado reportagem que citava suspeitas de caixa dois envolvendo uma campanha eleitoral dela. 

 

Fonte: M1

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário