Governo vai transferir mais de mil venezuelanos que estão em Roraima

Compartilhar:

Mais de 1.000 venezuelanos abrigados em Roraima – distribuídos em 10 locais em Boa Vista e Pacaraima – serão levados para outros estados no final de agosto. O anúncio foi feito nesta terça-feira (21) pela subchefe substituta da Casa Civil, Viviane Ese, que integra o grupo interministerial que visita  

Por se situar na fronteira, a cidade tem recebido milhares de venezuelanos desde a intensificação da crise política e econômica na Venezuela. A maioria dos imigrantes estão vivendo em condição de rua e o governo quer acelerar o processo de interiorização. Desde o início do ano, já foram interiorizados 820 pessoas para diferentes estados do Brasil.

Segundo Viviane, na próxima etapa do programa de interiorização os venezuelanos sairão de Roraima em voos marcados para o fim de agosto e início de setembro, prioritariamente para a região sul. As cidades ainda não foram divulgadas.

O governo federal anunciou também a construção de um novo abrigo de transição entre as cidades de Boa Vista e Pacaraima, além da ampliação do número de vagas nos abrigos existentes. O início da obra será imediato, segundo a representante da Casa Civil.

Mais 60 homens da Força Nacional foram enviados a Roraima para apoiar o trabalho da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e Exército. Eles saíram de Brasília, com 16 viaturas e um ônibus. Na segunda-feira (20), outros 60 homens da Força Nacional já haviam sido enviados. 

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário