Justiça determina prisão do médium João de Deus por abusos sexuais

Compartilhar:

A Justiça do estado de Goiás determinou, nesta sexta-feira (14), a prisão preventiva do médium João de Deus, que [e suspeito de praticar abusos sexuais durante tratamentos espirituais, em Abadiânia, cidade goiana do Entorno do Distrito Federal. A informação foi confirmada à TV Anhanguera, afiliada da Rede Globo,  pelo secretário de Segurança Pública de Goiás, Irapuan Costa Júnior.

Na quarta-feira, o Ministério Público Estadual de Goiás (MP-GO) protocolou um pedido de prisão na promotoria de Abadiânia. No entanto, não se sabe se este é o pedido que originou a decisão.

Fonte: Correio 

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário