Postos de abastecimento são obrigados a exibirem os preços do diesel antes e depois da greve

Compartilhar:

Nesta quarta-feira (06), o Ministério da Justiça publicou no Diário Oficial da União uma portaria que obriga aos Procons estaduais e municipais a exigirem dos postos de abastecimentos o preço do diesel  antes e depois das greves dos caminhoneiros “de forma clara e ostensiva”

Segundo o site do G1, a portaria ainda exige que os preços sejam fiscalizados para averiguar as reduções no preço do diesel que estão sendo passadas ao consumidor.

Os postos devem notificar o valor do preço do combustível a partir do dia 1° de junho em comparação do 21 de maio (data determinada pelo governo para haver reduções nos preços)

Caso o Procon identificar que não houve repasse na redução do preço ao consumidor, haverá um processo administrativo contra o posto em questão. As punições publicadas pela portaria são.

  • Multa;
  • Suspensão temporária da atividade;         
  • Interdição, total ou parcial, do estabelecimento ou de atividade.

 

Da redação: Catu Notícias

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário