Eleições 2020 – quatro nomes aparecem fortes na disputa para representar o “Governo Gera” rumo a uma eventual sucessão

Compartilhar:

A pouco menos de dois anos para as eleições municipais, quatro nomes surgem, nos bastidores da política, como fortes candidatos à sucessão do prefeito de Catu, Geranilson Requião, nas eleições de outubro de 2020. São eles:

Nenga do Leite – Um velho conhecido da população, vários mandatos como vereador e atual secretário de Infraestrutura. A frente de uma das principais secretarias, assim como os outros, o mesmo não esconde a sua vontade de chegar à cadeira do executivo. A previsão é que as obras de pavimentação com recursos oriundos do empréstimo feito através da  Agência de Fomento do Estado da Bahia (DESENBAHIA) reiniciem nos próximos meses e, com isso, o nome do titular da pasta seja alavancado a ponto de deixá-lo com grande chance de ser o escolhido para representar o governo nas próximas eleições.

Marcelo Calasans – Presidente do legislativo municipal e reeleito presidente para o próximo biênio (2019/2020), o vereador é visto como uma revelação da política catuense. A sua seriedade e o seu perfil de liderança faz com que o vereador seja visto como um dos fortes candidatos à sucessão.

Ana Teixeira – Pela terceira vez à frente da Secretaria de Educação e em seu melhor momento político, a secretária é, sem dúvidas, um forte nome para a sucessão. Procurada pelo Catu Notícias, Ana negou que vá colocar o seu nome na disputada corrida pela sucessão do prefeito. O fato é que Ana é a titular de uma das secretarias que mais realizou neste governo. Nunca se reconstruiu tantas escolas na cidade, nunca se investiu tanto na educação e todos estes fatos fazem com que a mesma seja um forte nome para a sucessão.

André Marques – Atual vice-prefeito do município, o mesmo segue com a esperança de ter o seu nome escolhido por Gera. Muitos ainda o vê como favorito na disputa, outros duvidam e até garante que ele não será o nome da vez. Talvez este seja o motivo pelo qual o vice não comparece mais com freqüência às inaugurações do governo.

Além destes nomes citados também correm, por fora, na disputa, o Secretário de Agricultura Neném de Yorzinho, o vereador Professor Seles e a vereadora Pró Dilza. O prefeito Gera Requião segue dizendo que ainda é cedo para falar em nomes e que na hora certa ele consultará o seu grupo e juntos decidirão pelo melhor nome para uma eventual sucessão. Por outro lado, na oposição, o nome mais forte segue sendo o da ex-prefeita de Catu, Gilcina Carvalho (DEM).

Da redação – Catu Notícias

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário