Santo Amaro – Vereador eleito pode não assumir o mandato

Compartilhar:

A cidade de Santo amaro, no Recôncavo baiano está vivendo dias de tensão na política. Tudo porque diversos vídeos circulam na cidade, onde vários eleitores filmam o próprio voto, como se fosse uma espécie de comprovante de que aquele candidato recebeu a voto dele, coisa que não é permitido na legislação eleitoral.

“Quem registrar o voto com máquinas fotográficas, filmadoras, e telefones celulares poderá ser multado em até R$ 15 mil e até mesmo ser preso. A lei visa preservar o sigilo do voto, e caso esse sigilo seja quebrado, o eleitor pode ser detido por até 2 anos”, adverte a Corte eleitoral.

Em um dos vídeos encaminhados a nossa redação, uma eleitora filma a próprio voto para o vereador, além disso, prints de conversas no WhatsApp também foram enviados ao radialista Jutan Araújo.
A coisa ficou tão complicada na questão eleitoral, que o vereador que aparece nos vídeos pode não assumir o mandato. Paulo Biólogo (PDT) teve eleição de 2016, 417 votos, já eleição desse ano, o parlamentar pulou para 903 votos. Segundo informações, o suplente do vereador já comprou o paletó parcelado em 15 vezes, aguardando que a justiça se posicione e investigue o caso para que o vereador eleito não possa assumir, suspeito de compra de votos.
Nossa equipe tentou falar com o vereador, mas nossas ligações não foram atendidas. Aguardamos contato do mesmo para que possa contar a sua versão, se achar necessário. WhatsApp da nossa redação.
Fonte: Bahia Política
Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário