Hospital de Campanha Arena Fonte Nova é desativado após atender mais de 700 pacientes

Compartilhar:
Com a alta médica de Sebastião das Virgens nesta sexta-feira (16), último paciente do Hospital de Campanha Arena Fonte Nova, a unidade teve suas atividades encerradas. Aberto no início de junho para atender exclusivamente pacientes com coronavírus (Covid-19), o hospital do Governo do Estado chegou a ter 240 leitos, sendo 100 de terapia intensiva (UTI).
O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, explica que foi montada a melhor estrutura do país em termos de hospital de campanha. “Optamos por instalar a unidade numa área coberta e climatizada da Arena, ao invés de utilizar o graMado. Com a abertura dos leitos, conseguimos ampliar a oferta de UTI e fazer com que nenhum paciente ficasse sem atendimento”, afirmou Vilas-Boas. Ele ainda destaca que parte da estrutura, como a rede de gases será mantida para que, em caso de necessidade, seja reativado rapidamente.
Após o procedimento de inventário dos equipamentos utilizados, o espaço passará por uma desinfecção terminal como medida de sanitização do ambiente a fim de, posteriormente, ser liberado para o uso em eventos esportivos. Itens como respiradores, tomógrafo computadorizado, aparelho de Raio-X, dentre outros, que estavam sendo utilizados na unidade serão redistribuídos para a rede estadual.
Ascom Sesab
Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário