Micareta de Feira é adiada para combater disseminação do coronavírus na Bahia

Compartilhar:

Após recomendações da Polícia Militar, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e de outras entidades, a Prefeitura de Feira de Santana decidiu adiar a tradicional Micareta de Feira. A festa estava prevista para ocorrer de 23 a 26 de abril deste ano, período estimado como provável pico do coronavírus no Brasil.

O anúncio da gestão municipal foi feito na manhã desta sexta-feira (13) pelo prefeito Colbert Martins (MDB) em coletiva de imprensa. “Estamos decretando uma situação excepcional em Feira de Santana com relação aos eventos festivos na cidade e eventos de massa. Faltam 40 dias e estamos adiando a micareta. Estamos tratando de transmissão de vírus em eventos. É um decreto emergencial que afetará nossa cidade em todos os segmentos (…) Várias unidades estão suspendendo cirurgias eletivas”, afirmou Martins em coletiva de imprensa, segundo o portal Acorda Cidade, que cobre as notícias da região.

No Brasil, o Covid-19 já infectou 77 pessoas, segundo boletim divulgado pelo Ministério da Saúde na tarde de quinta (12). Porém, levantamento informais, com base em dados divulgados pelas unidades de saúde, indicam que esse número já passa de 100. Na Bahia, há três casos de coronavírus, todos em Feira de Santana.

Por conta disso, a PM se pronunciou, pedindo o adiamento da festa e a Sesab agiu em seguida, reforçando essa posição.

Fonte: BN

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário