Moro ameaçou pedir demissão se Bolsonaro trocar diretor da PF

Compartilhar:

Um dia depois de ter sido avisado por Jair Bolsonaro de que o comando da Polícia Federal seria trocado, o ministro da Justiça, Sergio Moro, avisou nesta quinta-feira (23) ao presidente que pedirá demissão se confirmada a saída do diretor-geral da PF, Maurício Valeixo.

A intenção inicial de Bolsonaro era anunciar nesta sexta (24) o nome do substituto de Valeixo.

Desde o ano passado, o presidente Bolsonaro tem manifestado o interesse em trocar o comando geral da Polícia Federal, para colocar alguém de sua confiança.

Valeixo é ligado a Moro desde os tempos da ação dele na Operação Lava Jato, no Paraná.

Antes de trocar Valeixo, no ano passado, o presidente fez substituições importantes em cargos de chefia na Polícia Federal, inclusive no Rio de Janeiro, base eleitoral dele e do filho Flavio Bolsonaro, senador. Moro conseguiu reverter outras mudanças desejadas pelo presidente.
Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário