“O povo precisa botar a boca no trombone”, diz cidadã após relatar a falta de profissionais de saúde no posto da Urbis

Compartilhar:

O Jornal do Catu Notícias desta quinta-feira, 18, veiculou um áudio onde uma moradora da Chesf relatava as dificuldades para ser atendida no posto de saúde da Urbs onde a mesma faz as suas consultas. O áudio foi enviado para a redação do CN pela própria moradora na tarde da última quarta-feira.

No áudio ela diz: “eles estão fazendo revezamento de médicos e a gente tenta, tenta uma consulta e não consegue. Eu sou do grupo de risco e preciso de atendimento, tenho diabete e preciso de acompanhamento. A gente ainda fica se expondo, saindo de casa para tentar uma consulta e não conseguimos. Aqui tem dia que não tem nem uma técnica de enfermagem pra dar vacina em uma criança. E outra, as pessoas que estão sendo atendidas aqui não são daqui, estão vindo de outros lugares. Então assim.. se o povo não colocar a boca no trombone e não cobrar os nossos direitos – nada será resolvido”.

O Catu Notícias, por volta das 9h de hoje, entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura e ainda pela manha tentou um contato com a secretária de saúde do município e até ás 16h, momento de fechamento desta matéria, não tivemos uma resposta sobre a denúncia da moradora. O Catu Notícias deixa o espaço totalmente à disposição para que o governo possa se pronunciar.

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário