Programa da Bracell leva educação ambiental para crianças na pandemia

Compartilhar:

A alegria estampada no rosto do pequeno João Gabriel, 7 anos, exemplifica bem a satisfação de, mesmo à distância, poder continuar ampliando o conhecimento sobre a preservação ambiental. Aluno do 2° ano do Ensino Fundamental I da Escola Eraldo Tinoco de Melo, em Alagoinhas, ele é uma das crianças atendidas pelo Programa de Educação Ambiental da Bracell.

A iniciativa, desenvolvida desde 2016, tem como públicos estudantes, professores e integrantes de comunidades situadas nas áreas de influência da Bracell, além de familiares de colaboradores da empresa. O programa tornou-se referência na área de educação ambiental no território Litoral Norte e Agreste Baiano, tendo recebido em seu espaço, situado na Fazenda Salgado, em Inhambupe, 3.851 visitantes no ano de 2019. Dentre este público, destacam-se alunos de escolas públicas, estudantes universitários e grupo de jovens remanescentes de quilombos.

Por conta da pandemia da Covid-19, as ações do programa, antes presenciais, foram substituídas por iniciativas como o envio de kits de educação ambiental, que são entregues aos alunos do ensino fundamental em suas casas, junto com os materiais enviados pelas escolas. Até o momento, 1.429 kits já foram entregues, por meio da parceria feita pela Bracell com as redes municipais de ensino de Alagoinhas, Aramari, Esplanada e Inhambupe.

A gerente de Relações Institucionais e Responsabilidade Social da Bracell, Mouana Fonseca, destaca a importância da adequação das atividades, em virtude da pandemia: “Repensamos a forma de passar nosso conteúdo para os estudantes, porque acreditamos que a educação ambiental é fundamental para o desenvolvimento de todos, especialmente das crianças. Por isso, temos muita satisfação em ver os resultados positivos que temos alcançado, como fica evidente no sorriso de João Gabriel ao realizar uma das atividades do programa”.

Os kits desenvolvidos pela Bracell, em parceria com uma consultoria especializada, são compostos por folhetos informativos e objetos interativos relacionados aos conteúdos que falam, por exemplo, sobre animais silvestres, resíduos sólidos e alimentação saudável. Para este último, João Gabriel e outros estudantes receberam saquinho com terra adubada, sementes e um caqueiro feito com material reciclado. A ideia, segundo Mouana, é aguçar a curiosidade deles, fazendo que realizem as experiências práticas, como a do plantio, junto com as famílias.

Um exemplo disso é o que acontece na casa de João Gabriel, como destaca a mãe dele, Aurelina Coelho de Oliveira. “Essa ação da Bracell, principalmente neste momento de pandemia, é de extrema importância, uma vez que incentiva ainda mais meu filho a preservar o meio ambiente. E o melhor é que eu e a irmã dele podemos ajudar”, afirma.

A Bracell incentiva outras atividades de educação ambiental, como o Projeto Ecomunidade, que visa formar pessoas para se tornarem agentes multiplicadores de ações ambientais nas comunidades onde moram. Só no ano passado, 1.010 pessoas foram capacitadas. Além disso, há também a iniciativa de recuperação de nascentes, estimulando a participação da comunidade no processo de plantio de mudas. 

Bracell

A empresa, que faz parte do grupo Royal Golden Eagle (RGE), é uma das maiores produtoras de celulose solúvel e celulose especial no mundo, com duas operações principais no Brasil – em Camaçari (BA) e em Lençóis Paulista (SP). As atividades e modelos de gestão adotados pela companhia estão totalmente comprometidos com o uso sustentável dos recursos naturais, com o objetivo de criar valor para a comunidade, o país, o clima, o cliente e a empresa, de forma permanente.

Em 2021, quando a expansão na unidade de Lençóis Paulista, conhecida como Projeto Star, for concluída, a Bracell terá capacidade de produção anual de aproximadamente 2 milhões de toneladas de celulose e empregará aproximadamente 10 mil colaboradores próprios e terceirizados. Além de suas operações industriais no Brasil, a Bracell possui um escritório de administração em Singapura e escritórios de vendas na Ásia, Europa e Estados Unidos.

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário