Igreja Católica de Catu seguirá com missas e celebrações virtuais diante da pandemia

Compartilhar:

Após a missa matinal deste domingo, em vídeo, o Padre João convidou os fieis católicos para as celebrações de Corpus Christi na próxima quinta (11) e comunicou que serão realizadas através do seu canal na plataforma Youtube, assim como as missas que já vinham ocorrendo nos mesmos moldes nos últimos meses.

Corpus Christis é uma das mais importantes celebrações no calendário da Igreja Católica, sendo, inclusive, feriado nacional.

Confira abaixo transcrição do comunicado feito pelo Padre João:

Padre João

Padre João

“Nós estamos convidando nesta oportunidade a todos os cristãos que possam nos acompanhar na próxima quinta-feira, no Dia Santo de Corpus Christis, a nossa celebração eucarística que acontecerá às 10 horas da manhã e que será transmitida onde as pessoas possam realmente participar. E que a gente possa fazer nesse dia, um dia especial de oração, pedindo ao senhor que na sua bondade que ele possa com sua mão de intervenção, de interseção, possa olhar para essa realidade que estamos vivendo. Corpus Christi é uma forma de a gente poder celebrar e adorar o Cristo presente no pão e no vinho, como alimento permanente, como sinal da sua presença em nossas vidas e todo o caminhar da igreja. Então, estão todos convidados a nos acompanhar neste dia, nesta nossa celebração. Que Deus possa abençoar a todos”.

Com essa indicação, a Paróquia Santana de Catu sinaliza que seguirá com a mesma posição adotadas em maior parte do país pelas paróquias, especialmente, pela ampliação dos casos em Catu. Neste último domingo (07), somaram 71 os casos confirmados de Covid-19, sendo 50 casos novos em duas semanas.

De acordo com o IBGE, os Católicos formam a maior comunidade religiosa do município, com mais de 20 mil adeptos.

A posição de não abertura das igrejas para missas presenciais também já havia despertado atenção em diversas cidades, como no Rio de Janeiro (uma das cidades mais afetadas pelo Covid-19 no país), quando continuaram fechadas ao publico mesmo com a possibilidade de abertura autorizada pela prefeitura.

A decisão está relacionada à posição tomada pela Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que emitiu estabeleceu orientações litúrgico-pastorais aos bispos brasileiros, levando em consideração as experiências de dioceses do Brasil e do exterior. O documento com 08 páginas divulgado, no dia 21 de maio, ressalta que o retorno de celebrações e missas presenciais deve observar as realidades locais mesmo quando autorizadas pelas legislações locais. O documento ainda atribui uma série de medidas e ações rigorosas que devem ser adotadas em caso de abertura para garantir a integridade dos fieis e contribuir com a não proliferação do vírus.

Compartilhar:

Aviso:

Os Comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Catu Notícias.

É vetada a postagem de conteúdos que violem a lei e/ou direitos de terceiros.

Comentários postados que não respeitem os critérios, poderão ser removidos sem prévia notificação.

Deixe seu Comentário